slide

 

 

 

Converse com quem entende do assunto.



Com mão de obra qualificada e orçamentos condizentes com o competitivo mercado Brasileiro, visamos fornecer o que há de melhor na seara concernente aos serviços de apoio administrativo.

Carinhanha - BA

Os primeiros habitantes desse território foram os índios caiapós, que tinham aldeia localizada nas terras onde hoje se encontra a cidade de Carinhanha, vivendo em completa harmonia, quando, pelo ano de 1712, presumivelmente, nele penetrou pela primeira vez o homem civilizado. Segundo a tradição local, coube essa primazia ao famoso bandeirante Manuel Nunes Viana, vencedor dos paulistas, na Guerra dos Emboabas. Em busca do rio das Velhas, atingiu a margem esquerda do rio São Francisco e indo para o sul atravessou o mesmo na confluência com o rio Carinhanha ou Carunhenha, onde encontrou um aldeamento de índios caiapó, resultando numa luta sangrenta e fracasso dos índios. Aí o bandeirante fixou base para suas conquistas, local que posteriormente veio a ser o centro de intercâmbio entre a Bahia e o estado de Minas Gerais.

Muitos queriam que o nome do local fosse "Carunhannha", isto é, "local de sapo", entretanto, a maioria atribui o topônimo indígena à grande quantidade de aves de nome Carunhenha existente no lugar, hoje raramente encontradas nas margens das lagoas. Outros já dizem que o nome é derivado de uma índia de nome Nhanha com a junção de um peixe, carí, dando assim o nome então de cainhanha. Em 1832, através do Decreto de 20 de abril desse mesmo ano, o "julgado" de São José de Carinhanha, pertencente à comarca do Rio São Francisco foi elevado à categoria de vila, sendo criado também o município, com território desanexado do território de Barra do Rio Grande. A administração municipal foi inaugurada a 22 de maio de 1834. Sua sede recebeu foros de cidade pela Lei Estadual nº 762, de 17 de agosto de 1909.

O Município de Carinhanha, no Estado da Bahia, pertence à Região Econômica do Médio São Francisco, e encontra-se localizada à margem esquerda do rio São Francisco na divisa com o Estado de Minas Gerais, fazendo divisa com município mineiro Juvenília ao Sul. Vincula-se economicamente tanto com o município vizinho de Malhada (situado na margem oposta do rio) bem como com as cidades de Guanambi (distante 111 km) e Bom Jesus da Lapa (distante 141 km) que funcionam como centro de negócios na Região Econômica de Serra Geral e do Médio São Francisco, respectivamente.

Carinhanha está na área de Depressão do Rio São Francisco em sua margem esquerda, possuindo em seu território formas como Pediplano Sertanejo, Várzeas e Terraços Aluviais, Serras Setentrionais do Planalto do Espinhaço e Campos de Areia do Médio São Francisco. As formações geológicas da região são caracterizadas pela presença de Depósitos eluvionares e coluvionares, Calcário, Dolomitos, Siltitos, Folhetos, Argilitos, Depósitos Fluviais e Ardósias. Os solos predominantes na região são do tipo: Latossolo Vermelho Amarelo Álico, Cambissolo Eutrófico, Podzólico Vermelho, Amarelo Eutrófico, Solos Aluviais Eutróficos, Solos Litólicos Álicos, Areias Quartzosas Distróficas e Planosolo Solódico.

Os recursos hídricos de superfície de Carinhanha constituem como uma importante fonte de alimentação da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em sua margem esquerda, pois é responsável por grande aporte hídrico deste no Estado da Bahia. tais rios são: Pituba e o Carinhanha. A flora da região caracteriza-se por Contato Caatinga Floresta Estacional Aberto e Figura Estacional Decidual, Cerrado arbóreo aberto, sem floresta de galeria.

O município possui a metade da população na zona rural como maior concentração nas comunidades de Marrequeiro, Agrovila 15, Agrovila 16, Agrovila 23, Feirinha Vila São João, Barra do Parateca, Feirinha de santa luzia, Vila são Jose, Barrinha, Angico, Estreito Capinão e demais.

A sede municipal está localizada no externo da BA-161, cujo trecho pavimentado faz conexão com a BR-349, que proporciona a ligação com a Capital Federal, através de conexão com a BR-020. Os acessos à cidade são feitos através da Ponte Guimarães Rosa e através da BA-160, que liga o município de Bom Jesus da Lapa ao município de Malhada e pela BA-161, que liga o município de Serra do Ramalho a Carinhanha (130 km). A interligação com Salvador é feita através da conexão da BA-161 com a BR-242. O município está integrado à área de expansão da fronteira agrícola, em que se constitui a Região Oeste do Estado da Bahia. É necessário mencionar uma ligação existente, implantada com características municipais, cujo trecho além de atender ao município de Feira da Mata, prossegue até fazer conexão com a BR-135, no município de Cocos.

O sistema de transporte do município é representado pelas modalidades rodoviárias e hidroviárias. O serviço de transporte intermunicipal de passageiros é feito através de linha de ônibus, que tem origem no terminal rodoviário de Carinhanha para os municípios vizinhos do Estado da Bahia e do Estado de Minas Gerais.

A HSC está presente no município desde Novembro de 2018, sendo responsável pela completa gestão das atividades de saúde no município.

 

Meios para contato:

  Colaborador: Anderson Messias da Silva

Telefone: E-mail
77 9 9990-3940 carinhanha@hscempresarial.com.br
Tecnologia do Google TradutorTradutor